Notícia de UOL, Fabiana Maranhão, 2 de março, informa que “Uruguai vive explosão de homicídios; há relação com legalização da maconha?”

     “Até recentemente visto como uma ilha de tranquilidade (sic) em meio aos altos índices de violência registrados na América Latina, o Uruguai vive uma explosão na quantidade de crimes. Em 2018, o número de assassinatos subiu 35% em relação a 2017.  Especialistas apontam causas diversas para esse crescimento e questionam uma possível relação do fenômeno com a legalização da maconha no país”.

     “Um relatório divulgado no começo deste mês pela Fundapro (Fundação Propostas), ligada ao Partido Colorado, que faz oposição ao governo do presidente Tabaré Vázquez, revelou que, no ano passado, ocorreram 382 homicídios no país, uma média de um assassinato a cada 23 horas. O número é 35% maior se comparado com a quantidade anotada no ano anterior (283). Os dados são baseados em notícias divulgadas pela imprensa. O governo uruguaio ainda não tornou público o balanço oficial relativo a 2018” (deve ter lá seus receios dos números…).

     “Críticos da descriminalização da maconha estabelecem uma ligação direta com o aumento de crimes. Um deles é o ministro brasileiro da Cidadania, Osmar Terra. Em seu perfil no Twitter, ele postou no começo do ano: “Quem não vê relação entre o aumento de mortes violentas e a liberação da maconha deve procurar todas as declarações do [ex-] presidente [José] Mujica na época em que patrocinou a liberação, todas, sem exceção, garantindo que liberando a maconha diminuiria a violência no Uruguai!”. Embora tenha sido legalizada há cerca de cinco anos, a droga só começou a ser vendida regularmente nas farmácias do país em julho de 2017, o que pode reforçar o argumento dos opositores à regulação da maconha”.

     “Reiteradamente, o ministro do Interior uruguaio, Eduardo Bonomi, tem declarado que a maioria dos homicídios tem relação com enfrentamentos entre criminosos”.

      * * *

     Pesquisas nos EUA têm relacionado a alta nos índices de acidentes automobilísticos com o consumo de drogas naqueles Estados em que a lei o permite.

     Agora, é o Uruguai que aumenta assustadoramente seu índice de homicídios.

     Diz a Sagrada Escritura que “um abismo atrai outro abismo”. A procura desenfreada de prazeres – entre eles o consumo de drogas – só pode atrair outros desequilíbrios.

     Se fumar é considerado vício por que razão o consumo de maconha é liberalizado no Uruguai a ponto de ser comprada a droga em farmácias?

     https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2019/03/02/uruguai-vive-explosao-de-homicidios-ha-relacao-com-legalizacao-da-maconha.htm

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here