Mais uma mãe preocupada com o futuro moral de seus filhos – dê sua sugestão

Depoimento de mais uma mãe, preocupada com o que as escolas estão ensinando em matéria de [des]educação sexual. Se o leitor conhece mais algum caso, faça um comentário a esta matéria ou envie uma mensagem, clicando aqui.

Olá, bom dia,

Meu nome é Claudia Renata, tenho 25 anos, 3 filhos: Maria Eduarda de 3 anos e meio, e gêmeos de 9 meses.
Esse livro [Mamãe, como eu nasci?] é um absurdo.

Já o tinha visto no retiro da família em março. O que querem fazer com nossas crianças?
Ao começar pelo nome. “MAMÃE”: nunca que uma boa mãe, preocupada com o crescimento moral, espiritual e educacional da criança ensinaria dessa forma.

Claro que são assuntos que um dia deverão ser abordados, nas não dessa forma, na escola, entre crianças sem a supervisão dos pais.

Depende da idade da criança, se ela está pronta para saber de certas coisas. Quero ensinar meus filhos que nem tudo está correto, e que nem tudo deve ser feito, pois o livro que seguimos é a bíblia. Como eles vão crescer sendo a semelhança de Jesus se na escola, ponto de referência de aprendizagem, ensinam tantas coisas erradas?

Quero, preciso fazer alguma coisa. Amo meus filhos, Deus nos deu para que sejamos mordomos, quero ser , vamos fazer alguma coisa.
Como colocam um livro com esse conteúdo sem a autorização dos pais? É coisa do diabo mesmo.

Depois nossos filhos aparecem com atitudes estranhas, comportamentos e pensamentos diferentes, nem sabemos de onde vem!!!
Como vamos falar pra eles prestarem atenção na escola, aprender, se a escola não está sendo mais um meio confiável na educação moral da criança?

Aguardo
Att,
Claudia Renata Massuia Ferreira Ravagnani.