Por que razão a China teme tanto as investigações em torno do surto do vírus de Wuhan? O governo chinês estava sendo sincero quando afirmou ter vencido exemplarmente a pandemia ou o está sendo agora afirmando um novo surto em Wuhan como impedimento às investigações da OMS? Como acreditar na sinceridade do PCCh?

Mais de um ano transcorreu entre o início do surto em Wuhan e uma anunciada retomada de infecção, nesses primeiros dias de 2021, sem que a OMS e o Mundo Livre tivessem acesso ao epicentro da pandemia para estudar, investigar e tirar lições para o futuro da humanidade. A China sempre adiando …

Quando tudo parecia acertado … a China põe novos obstáculos

“MACARENA VIDAL LIY Pequim – 06 de janeiro de 2021 – 11h13
“A missão da OMS para investigar a origem do covid na China tornou-se complicada novamente, à medida que a segunda potência mundial tenta impedir uma nova reviravolta nos casos que dispararam o alarme na populosa província de Hebei, que circunda Pequim. O grupo de cientistas internacionais deveria ter chegado a este país esta semana para tentar rastrear os cenários originais da pandemia na cidade de Wuhan; Nesta quarta-feira, após a Organização Mundial da Saúde (OMS) revelar que os vistos necessários não foram prorrogados, o governo chinês garantiu que “as negociações continuam”.

Segundo o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores em Pequim Hua Chunying, na coletiva de imprensa diária de seu departamento, o problema para a chegada da missão internacional “não é apenas uma questão de vistos”.

A China desmente-se a si mesma

Até há pouco a propaganda pró China indicava que o País foi exemplar em vencer a pandemia. Mas o Ministério das Relações Exteriores de Pequim mudou de casaca. O camaleão mudou de cor novamente.

“A pandemia ainda é muito grave e a China está fazendo todo o possível para preveni-la e controlá-la”, disse ele, indicando que parte dos especialistas chineses que deveriam participar da investigação agora estão focados no controle do surto de casos no país. “Traçar a origem é uma questão complicada. Para garantir que o trabalho da equipe internacional transcorra sem problemas, eles devem passar por todos os procedimentos necessários. “

Depois de um ano … ainda não estão acertados os detalhes

… foi um “mal-entendido” e ambas as partes continuam conversando para chegar a um acordo sobre o tempo preciso da viagem e outros detalhes. “Não é necessário tirar muitas conclusões de tudo isso”, insistiu. Embora o tempo seja curto: a necessidade de cumprir a quarentena obrigatória de pelo menos quatorze dias após a chegada da missão, soma-se a proximidade do Ano Novo lunar, 12 de fevereiro, que paralisa a atividade laboral na China pelo menos para outros duas semanas.”

Até o diretor-geral da OMS, o etíope Tedros Adhanom Ghebreyesus, havia se declarado “muito decepcionado” que no último minuto a China não tivesse autorizado a chegada da equipe, que a organização considera isso uma prioridade. “Dois membros da equipa já iniciaram as suas viagens e outros não puderam viajar de última hora.”

***

Em busca da origem


A missão busca esclarecer a origem da pandemia, ainda desconhecida depois que os primeiros casos foram detectados em Wuhan, primeiro foco da doença, há treze meses. Naquela cidade industrial da China central, planejam visitar o mercado de frutos do mar de Huanan, que na época era considerado o cenário da transmissão do coronavírus de algumas espécies animais para os humanos: mais de dois terços do primeiro casos tinham algum tipo de conexão com essas instalações. Os especialistas também querem entrevistar os primeiros pacientes e os vendedores nas bancas do mercado e examinar as amostras que foram coletadas naqueles primeiros dias.

***

Por que confiar nas palavras dos comunistas do PCCh? O vírus se espalhou pelo mundo ceifando centenas de milhares de vidas, 1,88 milhões até o momento. Por que o governo chinês despreza tantas vidas e não facilita as investigações?

E ainda temos, no Brasil, os governadores-interventores petistas, o governador João Doria, defensores encarniçados do investimento chinês em nossa Pátria. Doria já declarou “eu confio em Xi Jinping”, isso seria necessário e suficiente para que São Paulo virasse cobaia da China?

O que mais desejamos é a conversão da China aos princípios eternos do Evangelho e abertura de portões para a pregação da Verdade católica. E, os fatos demonstrarm, Xi Jinping sabe perseguir aqueles fieis à Roma.

Fonte: https://elpais.com/sociedad/2021-01-06/la-mision-de-la-oms-a-wuhan-en-el-limbo-mientras-suben-los-nuevos-casos-de-covid-en-china.html

https://www.theepochtimes.com/who-criticizes-chinese-communist-party-for-delaying-allowing-experts-into-wuhan_3644689.html

Deixe uma resposta