Nosso site publicou hoje um oportuno artigo de Péricles Capanema sobre as inversões chinesas no Brasil. Analista experimentado, observador da realidade e preciso no alvo — põe ele o dedo na chaga — e faz a grande denúncia. Destaco esses trechos:

“Empresas” chinesas são Estatais chinesas, ou seja, PCC no alto comando

…”as empresas chinesas que investem no Brasil são na maioria esmagadora dos casos, para ser prudente, estatais chinesas — dirigidas dos pés à cabeça, por dentro e por fora — pelo governo chinês, o qual, por sua vez, não nos esqueçamos temos lá governo de partido único, é dirigido pelo Partido Comunista Chinês (PCC).

“Os empresários chineses que transitam no Brasil (conto da carochinha) são na verdade burocratas, membros bem vistos e bem vestidos do PCC, com cargos de direção nas estatais. Os tais investidores chineses que aplicam no Brasil, outro recurso ardiloso, na verdade não existem; é dinheiro posto aqui pelo governo chinês, dono das estatais.

“Então, a bem da transparência, fica aqui a errata. Quando você ler empresas chinesas, leia empresas estatais chinesas. Quando ler, empresários chineses, leia burocratas chineses. Quando ler investidores chineses, leia aplicações do governo comunista chinês via estatais. Quando ler investimentos chineses, leia aplicações do governo chinês, dirigido pelo PCC. Não vai errar em, por baixo, 99,9% dos casos”.  https://ipco.org.br/tem-uma-pedra-no-caminho/

  • * * *
  • Slogans Midiáticos sobre a China e a “política” da esquerda
  • Vejamos agora, outro aspecto, o procedimento da Midia a respeito de tudo quanto se refere à China: frases calculadas para pavimentar o terreno, abater os montes e preencher os abismos. Numa linguagem direta: “maior parceiro comercial do Brasil”; “segunda maior economia do Mundo”; “tem um grande interesse no Brasil” “deseja investir bilhões” etc.
  • Nunca se viu o PT, os PCs e assemelhados fazerem qualquer crítica aos Acordos Brasil-China. Pelo contrário, no entender das esquerdas e da Midia, desta vez o Governo brasileiro acertou.
  • O leitor viu algo de parecido em elogios aos Acordos Brasil-EUA ou Brasil-Índia?
  • Uma grave denúncia: compra de centenas de páginas e artigos na Mídia americana
  • Já houve no passado alguns famosos “Departamentos de Propaganda”. Goebbels e outros são figuras muito citadas, porém, de há muito foram ultrapassados pelas técnicas modernas.O sofisticado serviço de propaganda da China na medula do Ocidente.Uma investigação revelou que o Washington Post, o New York Times e muitas outras publicações, aparentemente, aceitaram milhões da China comunista para publicar propaganda chinesa calculada para dar a impressão de “naturalidade”.“O China Daily, porta-voz oficial do Partido Comunista Chinês, publicou centenas de artigos de propaganda projetados para parecerem notícias comuns em alguns dos jornais mais influentes da América”.  https://ipco.org.br/a-nova-arma-de-propaganda-da-china-500-paginas-insuspeitas-em-seis-jornais-americanos/
  • * * *
  • Não vamos sobrecarregar o leitor. As fontes estão ai ao alcance de todos que desejam ter mais informações sobre essa imensa rede (de propaganda) que mantém um aspecto “discreto” e “natural”, pelo menos aos olhos daqueles que preferem se iludir com o “gigante” asiático, tomado de “bondades” e “amor” para com o Brasil.

Deixe uma resposta