Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

João Pessoa-PB, 20 de Janeiro de 2011.

A Caravana Terra de Santa Cruz já está passando pelo 5º estado! Depois da Bahia, Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, adentramos o estado da Paraíba. O calor intenso é análogo ao calor do povo, muito vivo, esperto e manifestativo. Já mostramos muitos vídeos do apoio da população. São mais do que 90% dos casos, sendo que vários e vários ainda não publicamos, pois o tempo ainda não permitiu. Mas hoje quero apresentar um vídeo diferente. É a entrevista com um rapaz que estava passando por Fortaleza-CE, cujas idéias se assemelham muito ao conjunto do PNDH-3. Se alguém o apelidasse de “PNDH-3”, eu seria tentado a concordar… Confesso que tenho pena dele, e por ele rezo. Após assistir o vídeo, o leitor entenderá por que digo isso. Sobretudo rezo pelo Brasil, e comigo os jovens voluntários. A maioria da população não conhece o PNDH, e quando conhece, é contra. Por que o Governo quer lançar nosso País nesse pulo no escuro? Atenciosamente Daniel Martins – Coordenador da Caravana PS: Faça seu generoso donativo para que a Caravana alcance a ousada meta de 6.000Km no Nordeste. Doe um tanque de combustível para um dos 5 veículos, clicando aqui.

Não corrompam nossas crianças através da “Ideologia de Gênero”

A Ação Jovem do IPCO está promovendo uma campanha nacional de abaixo-assinados que serão enviados para o Presidente Michel Temer pedindo a exclusão da satânica "Ideologia de Gênero" da Base Nacional Comum Curricular - BNCC.

Clique aqui e assine já!

67 COMENTÁRIOS

  1. @Dámas
    Santa igreja queimou muita gente, e hoje o povo quer queimar a igreja que engraçado em, não sou preconceituoso, e sei que meus filhos vão ter contato com homossexuais, e sei que eles não vão se acabar, e sei que o Brasil e o mundo estão se decaído, isso de homossexualismo não é conquista e sim sinal de derrota estou sinete que isso não acaba por aqui, podemos ver os dados, a pedofilia cresce ate mesmo os padres estão caídos nessa aberração, a criminalidade cresce, os roubos crescem o trafico cresce, com efeito a tal liberdade do homossexualismo já podemos ver a decadência do Brasil, macha para libera a maconha, qual será a próxima do jeito que o mundo está indo aposta que vai ser para libera o roubo para quem está desempregado, HOMOSSEXUALISMO NÃO É EVOLUÇÃO E SIM REVOLTA FINACIADO PELO DIABO.
    Entre dois mil anos de existência, teve um período que muitos sofrerão com as santas inquisições, isso foram um período de conflito dentro e fora da igreja, muitos sacerdotes querendo seu bem e indo contra a vontade de Deus, mas hoje graças a Deus demos a volta por cima e quem está vivendo a vontade de Deus está vendo muitos se entregara pratica e obra do Diabo.
    ISSSO TUDO É OBRA DO ENCARDIDO PODE ME RESPONDER COM SUAS MENSSAGENS CRITICANDO A MILHA RELIGIÃO NÃO VOU DICUTIR COM VOCÊS POR QUE EU SEI QUE POR TRAS DE TUDO A MINHA LUTA NÃO É CONTRA HOMENS DE CARNE.

  2. “O país que mais matam homossexuais é o maior país católico do mundo: Brasil.”
    O meu Pai tanta falta de informação, nós católico tivemos maior numero de voto no protesto contra a Lei que punia com a morte a pratica do homossexualismo em Uganda, somo a favor da vida, mas a vida em Crist, mas a respeito da sua frase te falo algo a mais a onde tem servo de Cristo o mal não tem força, quem mata os homens sexuais no Brasil não são os católicos e sim seus próprios parceiros, gangues de rua ou de alguma denominação anti Cristo e para seu conhecimento senhorita Ana, esses grupo que anda matando homossexuais são Anti Cristo,para você a tamanha aberração da pratica dos homossexuais, nós católicos busca a salvação do ser em vida aqui na terra, mas quem vive no mal no mal é tirado a sua vida com as mãos do próprio mal.
    Finalizando a pratica do homossexualismo é se entregar ao inimigo de Deus, então está sujeito a perde a sua vida por que ela está no mal e quem é do mal do mal pertence.
    Se converta em quanto a tempo, PAZ DE JESUS E O AMOR DE MARIA ESTEJA COM TIGO.

  3. @Ana Carolina Linhares Costa
    Senhorita Ana, perdoe-me a intromissão na discussão de vocês…
    É que eu tenho dúvidas com relação ao cristo que você prega: Se Cristo era – como diz a senhorita – a contra cultura, a subversão a autoridades vigentes, um revolucionário, por que é que o povo judeu revoltado contra os romanos escolheu soltar justo o Barrabás ao invés de Jesus(Mc 15:12-13)? Por que Jesus oferece seu sangue e seu corpo para que as pessoas tenham a vida eterna(Jo 6: 54), e o que isso tem haver com sistema, governos, política, cultura, ou seja lá o que for mundano?
    Se Cristo é tão despojado, como explicar o primeiro capítulo da epístola aos Colossenses, principalmente o versículo 16?
    Em suma como conciliar o JC que você prega com o JC pregado por Mateus, Lucas, Marcos, João, Pedro, Paulo, os patrísticos, e toda a tradição bimilenar?
    Faz mais sentido que o Cristo da tradição seja um revolucionário, ou o próprio Deus que se faz homem(Cl 1:15) e o criador da Igreja que tanta gente persegue ou já perseguiu(Mt 16:18, Gl 1:13)?
    Lembrando que o Antigo Testamento também ajuda-nos a saber quem é Cristo(Jo 5:39).
    Não sou teu inimigo, e nem te julgo, quero apenas conversar contigo pois acredito que a senhorita defende energicamente seus pontos de vista, mas os mesmos carecem de bases bíblicas, mesmo você insistindo em citar versículos bíblicos.

  4. @José Lorêdo de Souza Filho
    Senhor Lôredo, agradeço as deliciosas gargalhadas que o senhor me proporcionou… não manipulo suas palavras como vocês manipulam as palavras de Deus, mas, talvez, com esta convivência, me aperfeiçoe nesta arte. A verdade está aí, para quem quiser ver, seus estandartes dourados não a obstruirão… e espero que seu sentimento de superioridade em relação as mulheres e a qualquer pessoa que discorde do seu ponto de vista não atrapalhe sua trajetória pelo planeta… suas argumentações, são, sim, falhas e contraditórias pois a veracidade dos fatos que relatei é irrefutável. Dizer que o governo dos militares foi benéfico ao país é das maiores sandices que já ouvi alguém dizer, dentre outras tantas sandices que o senhor quis proclamar como “divinas”, “sagradas” ou qualquer outra coisa que as eleve ao patamar de indiscutíveis… Seu português rebuscado não me impressiona nem intimida… prova maior disso é que o senhor simplesmente não tem o que dizer em relação à grande maioria de verdades que aqui relatei. Defendo a vida, o ser humano, a harmonia. Vocês defendem a guerra, o militarismo, o preconceito, o capital, a propriedade se auto intitulando representantes Dele. Quanto a denominação “fariseu” a que o senhor me intitulou, com toda verdade do meu coração lhe digo: na minha opinião o senhor é um “religioso aparente” (que defende a pena de morte, julga o próximo, favorece o conceito de superior e inferior entre irmãos dentre tantas outras pérolas que o senhor soltou…)muito mais “aparente” do que eu…Finalizo com palavras verdadeiramente Dele e em seu contexto real: “… NÃO TOQUES A TROMBETA DIANTE DE TI, COMO FAZEM OS HIPÓCRITAS[…] E NAS RUAS, PARA SEREM LOUVADOS PELOS HOMENS. EM VERDADE EU VOS DIGO: JÁ RECEBERAM SUA RECOMPENSA. QUANDO DERES ESMOLA, QUE TUA MÃO ESQUERDA NÃO SAIBA O QUE FAZ A DIREITA. ASSIM, A TUA ESMOLA SE FARÁ SEGREDO; E TEU PAI, QUE VÊ O ESCONDIDO, RECOMPENSAR-TE-Á.”

    E sinceramente acredito que se estivesse o senhor presente na época da crucificação de Cristo, estaria com sua pedra em punho para apedrejá-lo pois, àquela altura, ele representava verdades que ninguém queria aceitar… Ele era a contra-cultura, Ele era a subversão para as autoridades vigentes, Ele representou uma mudança de comportamento, Ele pregou a humildade, coisa que nem o senhor e nem ninguém desta “frente” demonstraram ter em momento algum.

    Paz.

  5. Caro sr. Arnaldo de Sá Gomes,

    Esse é o problema. Essa gente é impermeável aos fatos mais óbvios. Ninguém duvida que deve ser difícil a uma pessoa com tendências homossexuais (desenvolvidas por motivos psicológicos, patológicos ou espirituais) resistir a inclinação tão degradante.

    Em todo o caso, todos nós estamos resistindo a certas inclinações nada elevadas, frutos do Pecado Original.

    Lembro-me de um exemplo comovente: o médico e professor universitário gaúcho Carlos de Britto Velho, uma das mais mais cultas e brilhantes figuras que já passaram pelo Congresso Nacional, ao tempo em que ilustrou a Assembléia Legislativa do seu Estado, durante um debate, ajoelhou-se repentinamente no meio do plenário, rogando ao Cristo contivesse seu temperamento apaixonado, que o levava por vezes a cometer injustiças das quais tanto se arrependia mais tarde.

    Imagine só! O dr. Britto Velho! Católico fervoroso, patriota abnegado, adepto da autêntica democracia representativa, parlamentarista de primeira hora, figura exemplar de homem público…

    Nada mais natural. Todos nós temos defeitos. E cabe a nós resistir a eles, mesmo porque, quanto mais resistimos, e rogamos a Deus firmeza, mais a Graça do Altíssimo desce sobre nós, seus filhos muito pecadores.

    Já os militantes gayzistas se acham de tal modo acima do bem e do mal, que pleiteiam um status para além da lei, pretensão que atenta claramente contra a Constituição e, acima de tudo, contra a moral e o direito.

  6. Lorêdo, você explicou muito bem a posição da Igreja quanto a essa questão da homossexualidade. A manobra de procurar confundir manifestação de opinião e apoio à violência é infamante. Acresce que Dámas parece não entender que o Mandamento mais importante é o amor a Deus e não aos homens e às coisas, de tal maneira que, quando um homem ofende a Deus devemos repudiar a ação do pecador e é o que fazemos quando emitimos nossas opiniões e agimos em consonância.@José Lorêdo de Souza Filho

  7. É impressionante.

    Esse pessoal teima em confundir direito de criticar com violência contra homossexuais.

    Se d. Joaquina ou d. Dámas são seres tão miraculosamente tolerantes, por que não exercerem um pouquinho essa virtude em relação à Santa Igreja, velha de mais de 2.000 anos?

    A Igreja tem uma doutrina e deve permanecer fiel a ela.

    Ninguém, aqui, está defendendo atos de violência contra homossexuais. Eu mesmo tenho excelentes relações com alguns homossexuais, e sempre respeitei os que se davam ao respeito; aos degenerados, tratava de ignorá-los (a propósito, como fizeram os nossos amigos da Caravana em Salvador, conforme evidenciado no vídeo disponível).

    A Igreja tem posição definida sobre a questão: Ela distingue tendências homossexuais de práticas homossexuais. Sentir inclinação homossexual não é pecado, quando, e apenas quando, a pessoa resiste à inclinação. Quanto aos que se deixam arrastar, a Igreja, Mãe zelosa que é, reprova, mas a fim de obter o arrependimento de Seu filho desagarrado.

    Pensemos bem: seria essa uma atitude negativa, violenta, intolerante?

    Pode-se, naturalmente, discordar da doutrina católica; o que não se pode, em absoluto, é negar-lhe a beleza, a elevação e a coerência, mercê dos grandes benefícios que a influência cristã nas sociedades. Ora, o que conhecemos, hoje, como Ocidente foi edificado, construído pela Santa Igreja, tão vilipendiada, mas firme e forte, apesar de seus inimigos externos e, principalmente, INTERNOS.

    Eis o problema.

    Ademais, por que não falar um pouquinho do mundo islâmico, no qual os homossexuais são massacrados? No Irã, do esterco em forma de gente Mamoud Ahmadinejad, mais de 5.000 homossexuais foram mortos desde 1985.

    Será a Igreja o problema? Ou o famoso “respeito às culturas” de todo e qualquer grupo, transformado em princípio mais importante que a própria moral?

  8. Joaquina, Joaquina não seja como Catilina, não obrigue Cícero a lhe repetir: “Quousque tandem abutere, Joaquina, patientia nostra? Quamdiu etiam furor iste tuus nos eludet? Quem ad finem sese effrenata iactabit audacia? (Até quando, enfim, ó Joaquina, abusarás da nossa paciência? Por quanto tempo ainda esse teu rancor nos enganará? Até que ponto a tua audácia desenfreada se gabará de nós?).@Joaquina.

  9. Deus não mostra parcialidade ou favoritismo (Deuteronômio 10:17; Atos 10:34; Romanos 2:11; Efésios 6:9), e nem nós deveríamos. Tiago 2:4 descreve a qualquer um que mostra discriminação como juiz “de maus pensamentos”. Devemos sim amar a nosso próximo como a nós mesmos (Tiago 2:8). No Velho Testamento, Deus dividiu a humanidade em dois grupos “raciais”: judeus e gentios. A intenção de Deus era que os judeus formassem um reino de sacerdotes, ministrando às nações gentias. Mas ao contrário, em sua maioria, os judeus se tornaram orgulhosos de sua posição e desdenharam dos gentios. Jesus Cristo colocou fim a isto, destruindo a parede divisória da hostilidade (Efésios 2:14). Todas as formas de racismo, preconceito e discriminação são afrontas à obra de Cristo na cruz.

    Jesus nos ordena que amemos uns aos outros assim como Ele nos ama (João 13:34). Se Deus é imparcial, e nos ama com imparcialidade, isto significa que precisamos amar aos outros com o mesmo alto padrão. Jesus nos ensina, ao final de Mateus 25, que tudo o que fizermos com o menor de Seus irmãos, faremos a Ele. Se tratarmos uma pessoa com desprezo, estamos maltratando uma pessoa criada à imagem de Deus; estaremos ferindo alguém que Deus ama e por quem Jesus morreu.

    Vocês estão muito mais para adoradores de Adolf Hitler que Jesus Cristo (seria um disfarce???…quem sabe!)

  10. Como diria Albert Einstein: “é mais fácil destruir um átomo que um preconceito”. Concordo em número e grau com você, Joaquina e, sinceramente, acredito que os filhos desses cristãos-hérois *de pensamento* é que irão acabar com esses tais preconceitos e talvez vivam em um mundo mais tolerante….afinal não se pode criar os filhos numa redoma….eles terão contato…querendo OU não…com homossexuais e pessoas de todos os tipos…pq para a infelicidade dessa tiraria alienada e neurótica….não podem acabar com os gays, matá-los, queimá-los como a Santa Igreja fez no passado….com aqueles que enxergaram muito além do seu tempo. Sim…aqueles artistas gays que pintaravam os tetos, idealizavam altares, onde vocês acreditam que a salvação está, os símbolos que vocês adoram…tão gays quanto muitos padres que procuram a igreja por não assumirem a sua essência humana…..tão mais limpos que os pedófilos de batina que sobrevivem do seu dízimo…

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome