Policiais e bombeiros (NY) protestam contra o mandato de vacinas

0

“O mandato do prefeito de Nova York, Bill de Blasio, na semana passada, para que todos os funcionários da cidade recebessem as vacinas da COVID-19, deu origem a ainda mais manifestantes que se levantaram contra o que eles veem como uma violação da liberdade de escolha e uma tomada comunista do país.”

Milhares em NY contra o mandato de vacina

Ou seja, o democrata Bill de Blasio, usa métodos de coação próprios a nazistas e comunistas.

Prefeito pró agenda lgbt e Nicarágua

Nosso Site já publicou o perfil ideológico do atual prefeito de NY: “Conhecidamente como militante de esquerda do Partido Democrata, pró sandinista, “no primeiro ano no cargo, de Blasio também declarou que boicotaria uma parada anual do Dia de São Patrício, porque os organizadores proibiram os manifestantes de portarem cartazes” pró agenda homossexual”.

Parada de São Patrício em NY, uma maiores do mundo

      Como se sabe, o Dia de São Patrício é um dos acontecimentos mais extraordinários que tem lugar na cidade de NY e o desfile tornou-se não só o maior nos Estados Unidos, mas um dos maiores do mundo.

Apoio aos sandinistas da Nicarágua

     “O apoio de de Blasio aos sandinistas remete à sua juventude. Quando tinha 26 anos, viajou à Nicarágua para ajudar a distribuir comida e medicamentos. Na época, o país estava mergulhado em um conflito entre a guerrilha sandinista e os chamados Contras – resistência armada apoiada pelo governo do então presidente americano Ronald Reagan”.

     “Na Nicarágua, de Blasio passou a ter uma “visão de possibilidades” de um governo de esquerda, segundo o jornal The New York Times”. https://ipco.org.br/a-margem-da-homenagem-a-bolsonaro-prefeito-de-ny-pro-sandinista-e-tambem-homofobico-de-blasio-condena-se-a-si-mesmo/

Coerência na esquerda: mandato de vacina

Com uma posição de esquerda tão declarada, Bill de Blasio se torna coerente impondo o Mandato de Vacina.

“O Epoch Times estava lá para entrevistar alguns dos oficiais da NYPD e participantes do FDNY, e testemunhar a marcha massiva pela Ponte do Brooklyn que terminou em frente à Prefeitura na tarde de segunda-feira.”

“Os manifestantes gritavam slogans enquanto marchavam em apoio à liberdade e contra os mandatos emitidos por de Blasio e pelo presidente Joe Biden.”

“O capitão ativo do FDNY Jason Wendell da Engine 274 disse que havia “milhares e milhares” deles presentes na marcha de segunda-feira.

Imunidade natural

“Os bombeiros e policiais de Nova York foram expostos ao COVID-19 nos últimos 20 meses. A maioria de nós pegou a doença e a superou perfeitamente bem e tem imunidade natural ”, disse Wendell,“ e o fato de o prefeito e os políticos não estarem reconhecendo que a grande maioria de nós já é naturalmente imune é nada menos que tirânico. ”

***

O que está em foco, no protesto de policiais e bombeiros de NY não é a vacina. Seu protesto e contra a tirania imposta pela esquerda democrata, incluindo Joe Biden, de impor mandatos que ferem a liberdade, o direito individual de decidir sobre sua saúde. Há, também, objeções de consciência.

Está em foco a ditadura vs. liberdade

“Porque estamos aqui? Estamos aqui, não é apenas por causa de mandatos forçados, mandatos médicos. Isso é sobre liberdade. Este é o verdadeiro problema, é sobre liberdade. E estamos lutando contra uma ditadura neste país. Estamos lutando contra a tirania em nosso país. A realidade é que temos um presidente que está forçando as pessoas a fazerem algo que é absolutamente contra suas opiniões religiosas ou suas decisões médicas, e temos que fazer tudo o que pudermos para lutar por todos. Todos que foram forçados a ser vacinados precisam se manter unidos pela liberdade. Todos nós sabemos o que está acontecendo neste país. Temos uma aquisição comunista neste país. ”

***

O mandato afetará 160.500 funcionários da cidade de NY. Que graves consequências para a cidade se Bill de Blasio suspender milhares deles tanto na polícia quanto no corpo de bombeiros.

Nossa Senhora Aparecida proteja nossa saúde, ajude os brasileiros a permanecerem firmes contra os candidatos a ditadores (prefeitos ou governadores de esquerda) que tentam nos impor o passaporte sanitário, o mandato de vacina.

Fonte: https://www.theepochtimes.com/mkt_morningbrief/we-have-a-communist-takeover-thousands-of-nyc-firemen-and-police-officers-defy-vaccine-mandates-in-largest-protest-yet_4069630.html

Deixe uma resposta