Putin usa linguagem jacobina, stalinista e hitlerista

0

O presidente russo, Vladimir Putin, pediu uma “autopurificação” para livrar a Rússia de indivíduos que estão trabalhando para minar o país.

“Autopurificação” necessária da sociedade russa

Os russos, disse ele em um discurso televisionado na quarta-feira, “sempre serão capazes de distinguir verdadeiros patriotas da escória e traidores e simplesmente os cuspirão como um mosquito que acidentalmente voou em suas bocas”, acusando o Ocidente de promover uma “quinta coluna”. ” dos russos para criar agitação civil.

“E há apenas um objetivo, eu já falei sobre isso – a destruição da Rússia”, disse ele, acrescentando que está “convencido de que uma autopurificação tão natural e necessária da sociedade apenas fortalecerá nosso país”. (*)

***

Soa muito estranho essa ideia de “purificação” da sociedade russa. Não pode haver discordâncias em relação a Putin? É essa doutrina que rege as milhares e milhares de prisões recentes na Rússia? E a tal legislação contra as “fake news” sobre a invasão da Ucrânia punível com até 15 anos de cadeia? Quem define o que é “fake news? Quem define o que é a Verdade?

O Caminho, a Verdade, a Vida

Nosso Senhor Jesus Cristo disse de Si mesmo: “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida”. Nem nazismo, nem comunismo, nem terceira via — não há como fazer uma autopurificação da sociedade, segundo os critérios da doutrina putinista.

Eliminar dissidentes? Partido Único? Identidade doutrinária com o “chefe” Putin?

Como veremos, os jacobinos e o nazismo também assim procederam.

Os jacobinos, na Revolução Francesa, macaqueiam a procissão do Ssmo.

Putin imita os jacobinos da Revolução Francesa.

Explica o Prof. Plinio:

“A Revolução Francesa não pode ser vista como uma explosão de loucura que acabou, e depois dela passaram cento e cinqüenta anos de paz. Mas, pelo contrário, o espírito da Revolução Francesa foi se tornando cada vez mais radical, cada vez mais intenso. As suas crueldades foram [se] repetindo nas revoluções engendradas pela Revolução Francesa. Para não exemplificar outra, pela Revolução Comunista russa de 1917, e tantas outras revoluções comunistas que tem havido.”

Assim descreve o historiador J. B. Weiss a cerimônia macabra e burlesca em honra de Chalier (Marie Joseph Chalier, padre apóstata, “mártir” da Revolução) (1)

A lei dos suspeitos se repetirá na “autopurificação” anunciada por Putin?

“Depois vinham os profanadores das igrejas, que com a insígnia das bacantes e a barbárie dos demônios iam bebendo, se embriagando, usando os vasos sagrados, os cálices sagrados. Além disso, traziam um asno com uma mitra de bispo na cabeça, uma capa pluvial nas costas, um crucifixo e um Antigo e Novo Testamento pendurados no pescoço. O asno levava também uma estola. Atrás do asno vinham três comissários da Convenção, quer dizer, três representantes da Comissão: Fouché, Collot d’Herbois e Laporte, com ares devotos” – para estimular a risada – “debaixo de um pálio, como se usa na procissão do Santíssimo Sacramento. Uma escolta militar encerrava a procissão, [que] se moveu por muitas ruas até a praça [do] Terror.

Ali se tinha erigido, sobre uma elevação, um novo altar, sobre o qual se colocou com veneração, para ser adorado, o busto do novo deus Charrier. Formou-se um círculo em torno do altar, do qual saíam, um depois do outro, cada um dos comissários da Comissão. [Um por um] dobrou os joelhos e disse uma oração no sentido da nova religião do assassinado.

E a oração é essa: – essa é a oração de Collot d’Herbois, que é um dos principais bandidos de Revolução Francesa

“deus e salvador, olha a nação prostrada a teus pés, pedindo-te perdão pelo ímpio crime que pôs fim à vida do mais virtuoso dos homens. Tu hás de ser vingado! Nós te juramos pela república!” Fouché suspirou primeiro e depois pronunciou essas palavras:

Fouché era padre apóstata.

… o sangue dos criminosos é a única água lustral que pode expiar a tua alma

“Mártir da liberdade! Os canalhas te sacrificaram, o sangue dos criminosos é a única água lustral que pode expiar a tua alma, com razão irritada. Chalier, Chaçier, nós juramos, diante de tua santa imagem, tomar vingança de tua execução. Sim, o sangue dos aristocratas te perfumará como um incenso”. E o inábil Laporte beijou, cheio de veneração, a fronte da imagem e só disse: “morte aos aristocratas!” Logo se pôs fogo a um turíbulo e se incensou a imagem daquele monstro. Todos jogaram ao fogo então crucifixos, Antigo e Novo Testamento e se deu a beber ao burro com um cálice. Jogaram no chão hóstias sagradas e as calcaram aos pés. Eu consegui tirar do meio dos objetos profanados um objeto sagrado que eu guardei para evitar que a multidão o profanasse”. (2)

***

E os jacobinos fizeram jorrar o sangue de clérigos e nobres que não concordaram com as ideias igualitárias e a nova religião instituída pela Constituição Civil do Clero, durante a Revolução Francesa.

Stalin seguiu os passos dos jacobinos. Mao fez o mesmo na China. E a dizimação de milhões de ucranianos foi, certamente, um sangrento episódio de autopurificação, em 1932-33, o Holodomor na ditadura de Stalin. (https://en.wikipedia.org/wiki/Holodomor)

Hitler não foi diferente

Usando de outras palavras, também Hitler pregava a autopurificação.

Fonte: Legionário número 312, 28 de agosto de 1938. Paródia, feita pelos nazistas, da procissão do Ssmo. Sacramento em Hamburgo.

alguns dos 10 mandamentos do nacional socialismo publicados pelos jornais alemães:

“1 – O “führer” deve ser o teu modelo. A fidelidade para com ele é o mais sagrado dos deveres, sem sofismas, quanto às suas decisões.

“4 – Somente o nacional socialismo gera a verdade, por toda a vida. Combate por essa verdade. Usa sempre a tua insígnia, que é o símbolo da nossa luta comum. [Mais uma vez o contraste com Nosso Senhor Jesus Cristo que é o Caminho, a Verdade e a Vida]

“5 – O nosso adversário nunca tem razão. Se ele tivesse razão, seria nacional socialista. Os adversários que usam um manto religioso estão errados quando atacam o nacional socialismo, que não tem o direito de criticar. Eles erraram milhares de vezes e milhares de vezes pecaram contra a alma e o espírito do povo alemão, sendo também em parte responsáveis pelos infortúnios da Alemanha no passado.

“8 – Não esqueças que, como soldado do “führer”, não tens direitos, só tem deveres…

“9 – Conduze-te como modelo para os outros alemães, tal como o “führer” é para contigo. O mundo julga o partido pelos seus representantes.

“Todos esses artigos, a começar pelo seu número (dez) revelam nitidamente o desejo de atacar o Catolicismo. Alguns deles, então, são simplesmente ridículos, como os que apresentam o “führer” como modelo ou o que proclama o nazismo gerador da verdade. É pena que só agora o Sr. Hitler a tenha descoberto. E será interessante saber o que acham os nacionalistas alemães da infalibilidade do “führer” e da verdadeira escravidão dos alemães que não tem, absolutamente, direito algum.” (3)

***

Agora, voltemos à invasão da Ucrânia.

A Igreja Ortodoxa russa já decretou a liceidade da invasão da Ucrânia. Seguindo os passos do “patriarca” Pimen que colocou a IO a serviço do comunismo. Veja-se a série de três artigos sobre a Igreja Ortodoxa a serviço do comunismo, publicados em nosso Site. https://ipco.org.br/a-igreja-ortodoxa-no-water-shoot-iii/

A declaração de Putin sobre a autopurificação da sociedade russa, a necessidade de distinguir os verdadeiros patriotas da escória e dos traidores, as milhares de prisões, o silenciamento de jornalistas, o desaparecimento de opositores … colocará Putin nas sendas dos Jacobinos, de Stalin e de Hitler?

O Putinismo passará a ser a “verdade” em oposição ao Messias que declarou ser o Caminho, a Verdade, a Vida?

Nossa Senhora, patrona de todas as Rússias, obtenha a Consagração daquele País ao Imaculado Coração de Maria (seguindo todas as prescrições e detalhes postos por Nossa Senhora em Fátima), sua verdadeira conversão; nos obtenha, também a tão necessária conversão do Ocidente, a prática da Comunhão reparadora dos primeiros sábados e, por fim, o triunfo do Imaculado Coração de Maria!

Não será jamais a “autopurificação” da sociedade russa (segundo os cânones da doutrina putinista) que trará a conversão daquela Nação, a conversão da Ucrânia e a grandeza dos povos eslavos.

(*) https://www.theepochtimes.com/putin-warns-traitors-in-speech-calls-for-self-purification-in-russia_4343960.html?utm_source=newsnoe&utm_campaign=breaking-2022-03-17-3&utm_medium=email&est=Poue7NGVdO4csKMWXKT7b%2BjXHYbzuWEHPaqH%2FMsPKoN%2BnYlVo7w8XN%2BuW%2FJIem8%3D

(1) ( WEISS, J. B., Historia Universal, Barcelona, Tip. de la Educación, 1929)

(2) https://www.pliniocorreadeoliveira.info/DIS_SD_690905_Festa_da_razao.htm

(2) https://pt.wikipedia.org/wiki/Revolta_lionesa_contra_a_Conven%C3%A7%C3%A3o#Chalier:_o_estopim_da_revolta

(3) https://www.pliniocorreadeoliveira.info/LEG7%20380130_10mandamentosnazistas.htm#.YjOwqerMKHs

Deixe uma resposta