Leitura obrigatória para todos que querem entender a situação atual do agronegócio no Brasil

Este livro marcou profundamente o Brasil, e seus efeitos se fazem sentir ainda em nossos dias.

Quando as agitações socialo-comunistas tumultuavam o País no fim da década de 50, e se tornara insistente a ameaça de uma danosa Reforma Agrária socialista e cinfiscatória, o Prof. Plinio Corrêa de Oliveira decidiu publicar o estudo solidamente fundamentado, que servisse de barreira a esse movimento contrário aos interesses nacionais.

Em meio ao conjunto de problemas que hoje fustigam a Nação, patenteiam-se duas realidades:

1ª) O extraordinário êxito do agronegócio, apesar da perseguição multiforme que ela sofre.

2ª) O fracaso vergonhoso dos assentamentos de Reforma Agrária, apesar dos favorecimentos governamentais imerecidos que recebe.

Com efeito, muito do êxito atual do agronegócio só foi possível pela manutenção do direito de propriedade e da livre iniciativa em nossa legislação, apesar de todas as mutilações e ameaças que vêm sofrendo.

E este é um crédito que em parte se deve aos autores e difusores do livro Reforma Agrária – Questão de Consciência.