Chegamos à festa de São Luiz Grignion de Montfort, nestes 300 anos de sua ordenação sacerdotal.

“Entre seus escritos, assinala-se o Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem, uma das mais altas obras da mariologia em todos os tempos, e talvez a mais alta delas. Este livro admirável foi deixado por ele em manuscrito, e desapareceu misteriosamente depois de sua morte, reaparecendo de maneira providencial em nossos tempos”, escrevia o Prof. Plinio em 1955.

Doutor, Profeta e Apóstolo da Crise Contemporânea: o vírus do igualitarismo

Um recuo histórico se faz necessário para compreendermos a obra profética de São Luiz Grignion e sua aplicação a nossos dias:

Mostra o “Santo Padre Leão XIII na Encíclica “Parvenu à la 25ème Année”, que a Revolução Francesa foi uma conseqüência do protestantismo. E por sua vez produziu o comunismo. Ao igualitarismo e liberalismo religioso do frade apóstata de Witemberg, sucedeu o igualitarismo e liberalismo político-social dos sonhadores, dos conspiradores e dos facínoras de 1789. E a este segue-se o igualitarismo totalitário, social e econômico, de Marx.”

“A revolução protestante foi uma forma ancestral da Revolução Francesa, como esta o foi do comunismo hodierno. E cada uma destas formas ancestrais já tinha em si todas as toxinas da que se lhe seguiu. São três moléstias, sucessivamente mais graves, provocadas pelo mesmo vírus. Ou são três fases sucessivamente mais graves da mesma moléstia. Ou três etapas de uma omnímoda e universal Revolução.

Um profeta aparece no curso da Revolução

“Ora, S. Luiz Grignion de Montfort foi, neste processus histórico, um verdadeiro profeta. No momento em que tantos espíritos ilustres se sentiam inteiramente tranqüilos quanto à situação da Igreja, embalados num otimismo displicente, tíbio, sistemático, ele sondou com olhar de águia as profundezas do presente, e predisse uma crise religiosa futura, em termos que fazem pensar nas desgraças que a Igreja sofreu durante a Revolução, isto é, a implantação do laicismo de Estado, o estabelecimento da “Igreja Constitucional”, a proscrição do culto católico, a adoração da deusa razão, o cativeiro e morte do Papa Pio VI, os massacres ou deportações de Sacerdotes e Religiosas, a introdução do divórcio, o confisco dos bens eclesiásticos, etc..

“Mais ainda. Para alento e alegria nossa, o Santo profetizou uma grande e universal vitória da Religião Católica em dias vindouros.”

Martelo da Revolução, inspirador da Chouannerie

“Mas além de profeta, S. Luiz Grignion de Montfort foi missionário e guerreiro. Missionário, causticou ele implacavelmente o espírito neo-pagão, fazendo quanto podia para afastar o povo fiel do mundanismo e de tudo quanto constituía o mau espírito nascido da Renascença. A região evangelizada por ele foi tão profundamente imunizada contra o vírus da Revolução, que se levantou de armas na mão contra o governo republicano e anti-católico de Paris. Foi a Chouannerie. Se S. Luiz Grignion tivesse estendido sua ação missionária a toda a França, provavelmente teria sido outra a sua História, e a História do mundo”. Leia a íntegra em  https://www.pliniocorreadeoliveira.info/1955_053_CAT_Doutor_Profeta.htm

  • * * *
  • Aplicação à reação conservadora: Brasil, 2020
  • Nossa Senhora do Apocalipse

    Por desígnios da graça o Tratado da Verdadeira Devoção vem ganhando um relevo em nossos dias. Vai ele inspirando um número crescente de fieis católicos em busca da verdadeira espiritualidade mariana capaz de regenerar nosso povo e nosso Brasil.

  • A verdadeira reação conservadora brasileira tem em São Luiz Grignion o seu profeta marial; e é por isso que os progressistas, como também os jansenistas daqueles tempos odeiam ou pelo menos desprezam a devoção mariana.
  • Se queremos um Brasil forte, um Brasil anti progressista e anticomunista sigamos São Luiz Grignion de Montfort: Maria é a mais terrível inimiga que Deus armou contra seus inimigos.
  • “Em outros termos, a descristianização é o signo sob o qual estão colocados todos os fatos dominantes ocorridos no Ocidente, do século XV a nossos dias. É o que une entre si estes quinhentos anos, e deles faz um bloco no grande conjunto que é a Historia. Cessada a descristianização por um movimento inverso, teremos passado de um conjunto de séculos para outro”. Teremos o triunfo do Imaculado Coração de Maria, profetizado em Fátima.
  • ttps://www.pliniocorreadeoliveira.info/1955_056_CAT_Exurge_Domine.htm
  • Reação conservadora: aqui está o segredo de nossa esperança, de nossa força, de nossa vitória!

Deixe uma resposta