O senador australiano Malcolm Roberts pediu ao primeiro-ministro Scott Morrison que siga a liderança dos Estados Unidos e declare Antifa uma organização terrorista.

As preocupações de Roberts com a Austrália ocorrem após uma semana de caos violento nos Estados Unidos após a morte de George Floyd, que disse muitas vezes que não conseguia respirar enquanto um policial se ajoelhava em seu pescoço. O que começou como protestos pacíficos logo foi marcado por distúrbios envolvendo a organização extremista de extrema esquerda Antifa e outros grupos semelhantes. https://ipco.org.br/antifa-terrorista-e-agitadores-insuflam-protestos-saques-depredacoes-nos-eua/

Antifa existe na Austrália e poucos sabem a sua intenção comunista

“[Antifa] existe em nossa nação e ainda poucos australianos estão cientes de sua intenção”, disse o senador Roberts ao Epoch Times.

“Roberts observou o núcleo ideológico comunista de Antifa em um comunicado da mídia em 2 de junho, dizendo: “Precisamos parar esses anarquistas de extrema esquerda que usam violência e medo para impulsionar sua agenda socialista radical antes de recrutar e se organizar mais na Austrália”.

“A Austrália é uma nação democrática pacífica onde as pessoas resolvem nossas diferenças através de respeito e debate mútuos, culminando nas urnas”, disse ele.

A declaração da mídia do senador observou que Antifa já é conhecida por atacar a polícia e agitar em eventos públicos na Austrália.

Em Minnesota 80% dos agitadores vieram de fora

“Em 30 de maio, o governador do Minnesota, Tim Walz, democrata, observou que “maus atores continuam se infiltrando nos legítimos protestos” e que 80% dos manifestantes haviam viajado para Minneapolis de fora do estado.”

@GovTimWalz  · 31 de maio de 2020
“O toque de recolher na sexta-feira e no sábado à noite permitiu que nossa aplicação da lei visasse aqueles que pretendiam causar danos às nossas comunidades. A polícia fez várias prisões e apreendeu armas, narcóticos, armas longas, revólveres, revistas e facas.”

E acrescentou o governador: “Temos motivos para acreditar que os maus atores continuam a se infiltrar nos legítimos protestos do assassinato de George Floyd, e é por isso que estendemos o toque de recolher por um dia.”

***

Agenda Coronavírus: tentativa de aborto no Brasil, empobrecimento de uma faixa da população, aproveitar ocasiões para protestos violentos. Aos poucos os tentáculos do polvo vão aparecendo.

Fonte: https://www.theepochtimes.com/australian-senator-calls-on-pm-to-declare-antifa-a-terrorist-organisation_3376072.html

Deixe uma resposta