UE a favor da ideologia de gênero e agenda lbgt?

0

Nosso Site comentou a excelente e oportuna resolução da Hungria em defesa da família, da inocência infantil, proibindo a pornografia e o ensino da agenda lgbt nas escolas.

UE, difusor da agenda lgbt

A União Europeia aprovou uma resolução na quinta-feira denunciando a nova lei antipedofilia da Hungria, que inclui a proibição de materiais pró-LGBT nas escolas. “Não permitiremos que ativistas LGBTQ se encontrem entre nossos filhos”, declarou o primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán.

STRASBOURG, França, 8 de julho de 2021 (LifeSiteNews) – A Presidente da Comissão Europeia (CE) alertou a Hungria que está preparada para usar o poder da CE para penalizar o país após a implementação de uma lei que proíbe as escolas de usar materiais pró-homossexuais.

Ursula von der Leyen, que chefia a CE, disse ao Parlamento Europeu que a nova lei da Hungria “coloca a homossexualidade e a redesignação de gênero no mesmo nível da pornografia.”

Esta lei usa a proteção de crianças, com a qual todos estamos comprometidos (sic), como uma desculpa para discriminar severamente as pessoas por causa de sua orientação sexual. ” E acrescenta que “Esta lei é vergonhosa”.

Proteção das crianças contra a pornografia

A lei em questão proíbe a disseminação de material retratando homossexualidade, transgenerismo e pornografia para crianças menores de 18 anos. A legislação também proíbe tal material de ser anunciado na televisão e fortalece as leis contra a pedofilia, em parte criando um novo registro de agressores sexuais . A legislação foi aprovada por uma maioria esmagadora, 157-1 a favor da lei.

Ver a imagem de origem

Contra isso, Von der Leyen disse: “Se a Hungria não consertar as coisas [rescindir a lei], a comissão usará os poderes investidos nela como guardiã dos tratados. Sejamos claros: usaremos esses poderes em qualquer estado membro que impeça o direito europeu. ”

UE: uma Cristandade contra a Cruz, contra a Religião

A CE afirma que o presidente húngaro, Viktor Orbán, que lidera o altamente popular partido conservador Fidesz na Assembleia Nacional da Hungria, violou a legislação da União Europeia (UE) ao minar a democracia, “valores, princípios e leis da UE”. O legislador espanhol da UE, Garcia Perez, criticou a lei anti-pedofilia como “contra os direitos humanos”.

Trabalhar contra a pedofilia seria violar direitos humanos. A UE chama a si a missão de perverter as crianças e impor aos Estados Membros sua ideologia nefasta apoiando a agenda lgbt e ideologia de gênero.

O primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, deu um passo além, declarando sua intenção de “colocar a Hungria de joelhos”, forçando o país a aceitar e implementar leis pró-homossexuais, ou então deveria “deixar a UE”.

UE tem “padrões de igualdade

Desde o início do ano, a Comissão pôde lançar mão de um novo mecanismo de “condicionalidade” para pressionar os integrantes do bloco a adotar certas leis. Nesse sentido, a CE pode reter o financiamento de um estado que não cumpra os padrões de “igualdade” da UE. Para este fim, uma série de legisladores da UE pediram que Budapeste fosse negado o financiamento de recuperação COVID da UE, se não derrubar sua lei mais recente.

17 Estados-Membros da UE assinaram uma carta iniciada pela Bélgica no final de junho, solicitando que as autoridades da UE intervenham penalizando a Hungria pela sua lei dos valores pró-tradicionais, até mesmo apelando à Comissão para levar a Hungria ao Tribunal de Justiça Europeu, se necessário. Apesar de sua forte herança católica, Irlanda, Itália e Espanha aderiram à declaração, assim como França e Alemanha.

Enfim, completa ruptura com a noção de Cristandade. Essa é a UE, um conglomerado de Nações a favor da descristianização, da tirania de gênero e da agenda lgbt.

O que foi a Cristandade? Todos na expansão do Reino de Cristo

Explica o Prof. Plinio: “Os povos cristãos formam uma verdadeira família, no sentido mais genuíno da palavra. A família resulta, antes de tudo, de uma certa comunidade de vida entre seus membros, recebida da mesma fonte, do mesmo tronco genealógico.

Resultado de imagem para carlos magno

 

A Cristandade tem também uma comunidade de vida, a vida da graça, a vida sobrenatural que faz de cada fiel um filho adotivo de Deus. A comunidade de vida cria obrigações, na família e na Cristandade. Na Família a defesa dos ancestrais, de que todos receberam a vida natural, a defesa dos parentes, em cujas veias corre o mesmo sangue. 

Na Cristandade, a defesa de Nosso Senhor Jesus Cristo e de Seu Corpo Místico. Na família, todos devem trabalhar para o ideal comum. Na Cristandade todos devem cooperar para a dilatação do Reino de Cristo. O conceito de Cristandade é uma projeção, no terreno natural, da grande realidade sobrenatural que é o Corpo Místico de Nosso Senhor Jesus Cristo.”

***

Vista essa noção de Cristandade, podemos afirmar que a UE toma a si a defesa do reino de Satanás; impondo aos Países Membros a ideologia de gênero, a agenda homossexual.

Carlos Magno, o grande idealizador da Cristandade Medieval, rogue a Deus pelo restabelecimento do Reino de Cristo e pela derrota dessa agenda de perversão da UE.

Fonte: Hungary rebukes EU demand to change anti-pedophilia law | News | LifeSite (lifesitenews.com)

Deixe uma resposta