espaço-para-abortar Galindo
Maria Galindo, membro do Coletivo Mujeres Creando, reclamou do totem com classificação indicativa.

Segundo o site Mujeres Creando, cujos membros são responsáveis pela exposição “Espaço para Abortar” na Bienal, sua exposição foi proibida para menores de 18 anos,  após uma visita da Comissão de Educação da Prefeitura de São Paulo.

Como a arte moderna não atrai o grande público, as visitas às exposições vêm especialmente de escolas públicas e particulares.

Nossa vitória foi importante e é sinal de que as pressões fazem efeitos e nos devem animar a continuar no bom combate. Vejam a importância dessa vitória neste trecho do comunicado do Coletivo Mujeres Creando (o negrito e sublinhado são nossos):

“Por pressões e razões que desconhecemos de onde vieram, há alguns dias uma Comissão de Avaliação tem exigido colocar na frente da obra um pedestal que indica que se trata de uma obra para maiores de 18 anos. Esta censura está disfarçada de um suposto argumento pedagógico que não existe, pois isso se trata de uma obra que foi criada justamente pensando num público massivo infantil e juvenil que visita a Bienal. Isso é um ato de censura, que impede que durante as visitas as escolas utilizem a obra.

Foto da exposição "Espaço para abortar". Depoimentos de mulheres que abortaram são veiculados nas capsúlas. [Foto: Paulo Roberto Campos]
Foto da exposição “Espaço para abortar”. Depoimentos de mulheres que abortaram são veiculados nas capsúlas. [Foto: Paulo Roberto Campos]

Para saber mais e fazer seu protesto, clique aqui!

Veja abaixo o vídeo feito por membros do IPCO durante a gravação dos relatos de abortos para essa malfadada exposição.

7 COMENTÁRIOS

  1. Essas mulheres estão defendendo o “direito” de assassinar os próprios filhos indefesos. Taí um exemplo deprimente da decadência moral daqueles que rejeitam o Criador.

  2. Bélissima ação,acesso proíbido para menores.
    Saõ mulheres criminosas que não merecem respeito pois as próprias não respeitam nem a Deus.A vida é um Dom Divino e só a ELE cabe decidir.
    Todo meu apoio em favor da vida.Estamos juntos para combater esse mal e dizer sim ´´a vida!!!

  3. Por mim essa exposição de “arte” deveria ser, toda ela, proibida para menores de 70 anos, ou melhor, 120 anos. As pessoas, na pseudo-democracia em que vivemos lembram muito de seus diretos, mas se esquecem do respeito aos outros. Eu, mesmo sendo católico, jamais concordaria com algum ato que ofendesse, budistas, ou evangélicos, ou judeus, ou mesmo muçulmanos, a despeito do que eles (alguns deles) fazem com cristão lá no oriente médio. O direito à consciência é inalienável a qualquer ser humano.

  4. por que não colocaram a exposição inteira como “proibida para menores” já que estava tão problemática? Aonde vamos parar com esse povinho desalmado que fala tanto em direitos iguais para todos, lê-se “menos para os que creem em Deus e para os bebês não nascidos”?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor deixe seu comentário!
Por favor insira seu nome