Vietnã: seminaristas doutrinados compulsoriamente pelo PC

191 seminaristas do Seminário Maior de São Quy, no Vietnã, foram constrangidos pelo governo comunista a seguir um programa de “segurança nacional”, informou o jornal oficial “Grande Unidade”. “Os seminaristas serão doutrinados sobre os pontos de vista, perspectivas e políticas do Partido Comunista e sobre as políticas religiosas do Partido”, noticiou o diário. Serão treinados nas tarefas de “prevenir e desfazer qualquer tentativa de forças hostis visando abalar o governo com tumultos e sublevações sociais ou por meio de movimentos pacíficos”. Em outros termos, o governo visa a transformar os membros do clero em agentes da máquina estatal que persegue os fiéis católicos. Ou seja, tornar os sacerdotes inimigos de Jesus Cristo.

Fonte:Revista Catolicismo, maio de 2011