O Cardeal de Praga, Dominik Duka, presidente da Conferência Episcopal Checa, apoiou a recusa da ideologia homossexual por parte do episcopado polonês.

Nosso site publicou https://ipco.org.br/arcebispo-de-cracovia-uma-nova-praga-a-ideologia-lgbti/: Notícia de cns.news, 1 de agosto: “o Arcebispo de Cracóvia fez um sermão (31 de julho) durante a missa em que afirmou que “Uma praga vermelha não está mais ocupando nossa terra, o que não significa que não haja uma nova que queira controlar nossas almas, corações e mentes“, disse o arcebispo Marek Jedraszewski, segundo a Reuters”.

Um abismo atrai outro abismo, diz a Sagrada Escritura

Segundo es.news, 14 de agosto, “Em uma carta datada de 9 de agosto, (o Cardeal de Praga) Duka declarou que esta ideologia “agora está começando a incluir (assumir) a agenda ateia e satânica” e deve ser “rechaçada em sua totalidade”.

Comenta o Prof. Plinio a respeito da marcha da Revolução: “Essas tendências desordenadas se desenvolvem como os pruridos e os vícios, isto é, à medida mesmo que se satisfazem, crescem em intensidade”. https://www.pliniocorreadeoliveira.info/RCR_0106_marcha_revolucao.htm

Esse princípio da processividade do mal se aplica inteiramente à agenda homossexual como também à chamada ideologia de gênero. Pouco a pouco vão reivindicando novos “direitos”: adoção de filhos, herança, cotas em universidades, empresas, criminalização da “homofobia” etc. Agora, um novo passo, segundo a denúncia do Cardeal Duka: “está começando a incluir (assumir) a agenda ateia e satânica” e deve ser “rechaçada em sua totalidade”.

O Cardeal Duka convida outras nações à se unirem na luta

Vai além de um simples protesto a nota do Cardeal Duka a qual “pede aos bispos eslovacos e húngaros que se unam a seu apoio dado aos bispos poloneses”.

A unidade da Revolução pede a unidade da Contra Revolução. A ideologia homossexual tem uma poderosa rede midiática a seu favor e a cumplicidade de setores do próprio Clero católico. Ela faz parte do programa da esquerda (PT) do Brasil e de todo Ocidente.

É hora, portanto, da união de forças, de uma verdadeira cruzada de esclarecimentos doutrinários fundados na Sagrada Escritura, no Magistério da Santa Igreja, na Lei Natural para defender os Valores Morais.

Fonte: https://gloria.tv/article/suHW2Ti1EdD31QC79dLSSAPwi

Deixe uma resposta