Vai o STF servir-se do pânico midiático em torno do coronavírus, em que as atenções estão voltadas para outro campo e aprovar mais essa forma de aborto?

Um julgamento virtual da ADI 5581 — que pede a liberação do aborto em caso de infecção por zika vírus está previsto para dia — 24 de abril.

É hora dos movimentos pró-vida entrarem em ação

Mais uma vez, a hora dos movimentos Pró-Vida, que já criaram um ambiente de forte pressão sobre o STF em maio de 2019.

Já existe uma Lei sancionada pelo Presidente Bolsonaro que concede pensão vitalícia de um salário mínimo para crianças vítimas de zika virus.

Especialistas da área médica e jurídica já denunciaram o abuso

“Semanas antes do julgamento então marcado para maio de 2019, o Congresso Nacional realizou audiência pública com especialistas da área médica e jurídica, que denunciavam os absurdos de ordem ética, médica e jurídica do ativismo judicial do Supremo ao debater essa matéria. A ação liderada por senadores e autoridades pode ter colaborado para o recuo do STF na época”. (1)

Nesse clima histérico (provocado pela midia) em louvor do deus Bios vai o STF abrir nova frente de matança de inocentes?

O aborto é um pecado grave, pois viola o 5o. mandamento. E, certamente o primeiro também.

Nazistas, comunistas têm programas semelhantes de purificação da raça ou então de eliminar os possíveis nascituros defeituosos.

Será que a Constituição garante a vida apenas para os nascituros atletas?

E o mundo dito liberal vai copiando essas monstruosidades sejam elas de Hitler, Stalin ou Mao. Afinal, na China de hoje também não há o aborto generalizado?

Vamos ficar alertas, vamos fazer as pressões legais em favor da vida humana e contra o pecado do aborto.

(1) https://www.estudosnacionais.com/23103/em-meio-a-pandemia-stf-agenda-julgamento-de-aborto-em-caso-de-zika-virus-para-24-04-20/

Deixe uma resposta