Destaques


1 – ESTUDO SUGERE MACONHA COMO RESPONSÁVEL POR ALTA EM ACIDENTES NOS EUA
2 – A REVOLUÇÃO PELAS COTAS SEGUE NO URUGUAI
3 – MESMO SEM LEI, ESCOLA SEM PARTIDO SE ESPALHA PELO PAÍS E JÁ AFETA ROTINA NAS SALAS DE AULA
4 – A ITÁLIA QUER AUMENTAR A TAXA DE NATALIDADE CONCEDENDO ÀS MAIORES FAMÍLIAS TERRAS

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Estudo sugere maconha como responsável por alta em acidentes nos EUA

Jornaldocarro/estadão informa que “um estudo do Instituto de Segurança Viária das Seguradoras dos Estados Unidos (IIHS), está sugerindo uma relação entre a legalização da maconha e o aumento dos acidentes de trânsito nos estados onde a droga passou a ser permitida. A entidade analisou dados de acidentes de Colorado, Nevada, Oregon e Washington entre janeiro de 2012 e outubro de 2017 para realizar a pesquisa.

“Os resultados mostraram que os acidentes de trânsito cresceram 6% nos quatro estados desde a legalização. Os dados da polícia mostraram alta de 5,2% nos acidentes”.

“No entanto, o IIHS cerificou que cada estado tem leis específicas para o consumo de maconha. Incluindo onde compram e onde podem consumir. Ainda assim, o instituto conclui que a legalização vem tendo efeitos negativos para a segurança viária”.

* * *

Não se entende por que razão é tão pouco divulgado pela mídia os efeitos negativos da maconha e demais entorpecentes.

Fonte: https://jornaldocarro.estadao.com.br/carros/estudo-sugere-maconha-como-responsavel-por-alta-em-acidentes-nos-eua/

2A Revolução pelas cotas segue no Uruguai

UOL 19/10 informa que a “Câmara dos Deputados do Uruguai aprovou nesta sexta-feira (19) a Lei Integral para Pessoas Trans”.(…) “o Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional deve determinar uma cota “não inferior a 1%” dos seus programas de capacitação para as pessoas trans”.

Não para aqui a ingerência do estado uruguaio no direito dos pais: “Um dos artigos, que despertou polêmica na opinião pública e entre os legisladores, é o que estabelece que menores de 18 anos não necessitam da autorização dos pais para mudar seu nome ou receber tratamento hormonal”.

* * *

Mais uma razão para parabenizar os brasileiros que rejeitaram a ideologia Petista nas recentes eleições. Estejamos atentos para o “Estatuto da Igualdade”, que inclui a malfada ideologia de gênero, da autoria de Marta Suplicy.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2018/10/19/deputados-uruguaios-aprovam-lei-integral-para-pessoas-trans.htm?

3Mesmo sem lei, Escola sem Partido se espalha pelo país e já afeta rotina nas salas de aula

Miguel Nagib, criador da campanha.

BBC – News Brasil, SP, 5 novembro 2018 – Artigo de Ingrid Fagundez, informa que “O assunto é Escola Sem Partido. André é um apoiador do movimento contra a “doutrinação ideológica”. Segundo o grupo, cujas ideias estão entre as propostas do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) para a Educação, professores se aproveitariam da “audiência cativa” dos estudantes para aliciá-los para uma corrente ideológica – quase sempre de esquerda”.

“Os mesmos princípios estão em um projeto de lei que deve ser votado nesta semana em comissão especial da Câmara. A proposta estabelece que cada sala de aula deverá ter um cartaz especificando os deveres dos docentes, como “não cooptar os alunos para nenhuma corrente política, ideológica ou partidária”.

* * *

Queremos lembrar, de passagem, os péssimos ensinamentos de Danton um dos fanáticos mentores da Revolução Francesa que tão bem se repetem na ideologia marxista ou no ideário petista:

As crianças [dizia Danton] pertencem à República antes de pertencer a seus pais; o egoísmo dos pais pode ser perigoso para a República. Eis porque a liberdade que nós lhe concedemos não vai até à educação de seus filhos contra a nossa vontade”.

Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/brasil-46006167

4A Itália quer aumentar a taxa de natalidade, concedendo às maiores famílias, terras

Cultivo de girassol na Itália

Notícia de religionlavozlibre.blogspot.com/2018/11 informa que “O governo italiano acaba de se comprometer a fornecer terras agrícolas estaduais por 20 anos a todas as famílias com um terceiro filho entre 2019 e 2021”

Como se sabe a Europa padece de baixa natalidade e a Itália bate o récorde. “Houve mais mortes do que nascimentos em toda a União Europeia em 2017”. O “ministério (da Agricultura) quer contribuir, favorecendo especialmente as áreas rurais, onde as pessoas ainda têm filhos “, disse o ministro Gian Marco Centinaio.

* * *

Triste decadência da Europa Ocidental, descristianizada e embebida de hedonismo, demonstra essa baixa natalidade. E é um poderoso fator de incentivo para hordas de muçulmanos alimentando os planos dos adeptos do Corão da islamização da outrora Cristandade.

Não vêm isso os Bispos europeus e também o Vaticano?

Fonte: http://religionlavozlibre.blogspot.com/2018/11/italia-otorgara-tierras-para-incentivar.html

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here