Destaques


1 – DA LEALDADE DO CAVALEIRO MEDIEVAL AO CINISMO DOS FANTOCHES BOLIVARIANISTAS
2 – “FUZIL, ARMAMENTO DE GRANDE PORTE E PODER DE FOGO”
3 – ALERTA BRASIL: CHINA SE CONSIDERA “MODELO EXPORTÁVEL”
4 – NOVO CALOTE DE CUBA: FALTA O MEA CULPA DE LULA E DILMA
5 – BRASIL, ITAMARATY E AGRONEGÓCIO: BOM COMEÇO

Para alternar entre os tópicos, utilize os botões “Anterior” e “Próximo” abaixo:

1Da lealdade do cavaleiro medieval ao cinismo dos fantoches bolivarianistas

Diosdado Cabello

Notícias UOL 20/12 transcreve a nova versão da bravata bolivariana sobre o convite a Maduro na posse de Jair Bolsonaro.

“O chefe da Assembleia Constituinte da Venezuela (ANC), Diosdado Cabello, afirmou na quarta-feira ter sido o presidente venezuelano Nicolás Maduro quem rejeitou o convite feito pelo Brasil para a posse do presidente eleito Jair Bolsonaro. “Eles convidaram Nicolás (Maduro) e (ele) lhes disse ‘eu não vou’. Essa é a verdade. Que talvez foi um erro deles? Talvez foi um erro deles, mas Nicolás respondeu como um filho de (Hugo) Chávez responderia”, disse Cabello, durante a transmissão de seu programa de TV semanal. “Depois que Nicolás disse isso, eles (governo brasileiro) saíram para dizer ‘nós não queremos você aqui’”.

* * *

Foi-se o tempo da lealdade do cavaleiro medieval, da honra à palavra dada, do amor à verdade.

Para os comunistas, bolivarianistas, chavistas do que vale a verdade?

Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2018/12/20/cabello-diz-que-maduro-rejeitou-convite-para-posse-de-bolsonaro.htm

2 “Fuzil, armamento de grande porte e poder de fogo”

A Igreja Católica não apoiará candidatos à Presidência da República que promovam a violência e preguem soluções que possam acirrar ainda mais conflitos no Brasil, informou nesta quarta-feira (14) o presidente da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil) e arcebispo metropolitano de Brasília, cardeal Sérgio da Rocha…. – Veja mais em https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/02/14/igreja-catolica-negara-apoio-a-candidatos-a-presidencia-que-promovam-violencia-diz-cnbb.htm?cmpid=copiaecola

Notícias UOL, São Paulo, Luís Adorno e Nathan Lopes, 23/12: “Uma tentativa de roubo a um carro-forte, dentro de um hipermercado localizado no km 13 da rodovia Raposo Tavares, na zona oeste de São Paulo, provocou neste domingo (23) um intenso tiroteio, deixando um vigia baleado e um suspeito morto. A Polícia Militar diz que os criminosos estavam munidos de fuzil, armamento de grande porte e poder de fogo”.

“Houve uma intensa troca de tiros. Não sabemos precisar quantos criminosos estavam no local, mas um foi baleado e morreu. Os outros fugiram”.

* * *

Com a palavra as ONGs pacifistas, a mídia de esquerda que prevê um recrudescimento da violência no governo Bolsonaro!

Qual a fórmula mágica para os criminosos entregarem “fuzil, armamento de grande porte e poder de fogo”?

Quais os frutos da Campanha da CNBB, 2018, contra a violência? Um grande fruto seria a formação moral em todos os setores da população.

Fonte: https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2018/12/23/com-fuzil-criminosos-tentam-roubar-carro-forte-em-hipermercado-de-sp.htm

3Alerta Brasil: China se considera “modelo exportável”

China exporta comunismo.

Estado, blogs, Claudia Trevisan, 18/12: “no discurso de segunda-feira, Xi não apresentou planos para a reestruturação da economia. No topo da sua lista de prioridades estava a manutenção do Partido Comunista no comando e no controle da sociedade chinesa, com a “missão histórica” de adaptar o marxismo à realidade atual do mundo. “Xi adotou um tom triunfalista ao lembrar das conquistas das últimas quatro décadas”

A industrialização da China não é fruto do comunismo

Vale lembrar que toda a industrialização da China não é fruto do comunismo. É uma consequência direta dos investimentos gigantescos do capitalismo ocidental, nipônico que transferiu grande parte do seu parque industrial para o tigre de papel.

Modelo “exportável” para países em desenvolvimento?

“Deixando claro que considera o modelo chinês “exportável”, Xi afirmou que o sucesso dos últimos 40 anos pode ser um exemplo para países em desenvolvimento que buscam progresso econômico”.

Presidente vitalício, PC onipotente e onipresente, perseguição religiosa ao catolicismo, marxismo … alerta Brasil!

* * *

O Brasil sim, junto a nossas nações irmãs ibero-americanas, vamos inaugurar um modelo com base nos princípios morais, nos pilares da civilização cristã (na tradição, na família, na propriedade).

 

Fonte: https://internacional.estadao.com.br/blogs/claudia-trevisan/xi-frustra-mercados-e-trump-com-discurso-ideologico-e-sem-propostas-de-reformas/

4Novo calote de Cuba: falta o mea culpa de Lula e Dilma

Informa a Folha, Mariana Carneiro, 20/12 – “Governo desembolsa R$ 23 mi para cobrir um calote de Cuba no BNDES” que seguem os rombos dos cofres públicos brasileiros em favor da ditadura castrista.

Ou seja, Cuba continua dando os calotes e o contribuinte brasileiro pagando.

Como se sabe, passados 180 dias do não pagamento, o BNDES formaliza o calote e o FGE (Fundo de Garantia à Exportação), que é bancado pelo Tesouro, paga a dívida.

“O Brasil emprestou US$ 682 milhões (cerca de R$ 2,6 bilhões pela cotação atual) para a Odebrecht ampliar e modernizar o Porto de Mariel”.

“Além do banco estatal, Cuba também deixou de pagar o Banco do Brasil pelo financiamento à exportação de alimentos. Até novembro, a dívida nesta linha de crédito era de aproximadamente 45 milhões de euros”.

* * *

Consequências catastróficas para nossos cofres públicos da política exterior do governo de Lula “que pregava a aproximação do Brasil com países latino-americanos, africanos e do Hemisfério Sul”.

Que países? Cuba, Venezuela, algumas nações africanas alinhadas com a esquerda.

Os crimes de Lula e Dilma vão além dos atuais processos em tramitação pelo nosso Judiciário. Aqui já entramos em crimes contra o Brasil em favor de países de esquerda.

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/12/governo-desembolsa-r-23-mi-para-cobrir-um-calote-de-cuba-no-bndes.shtml

5Brasil, Itamaraty e agronegócio: bom começo

Noticia do Estado, Lu Aiko Otta, 21/12 informa que o novo chanceler Ernesto Araújo criará no Itamaraty o Departamento do Agronegócio que “atuará em sintonia com o Ministério da Agricultura na conquista de novos mercados. “Daremos ao agro a atenção que no MRE ele nunca teve””.

O Brasil na liderança da preservação ambiental

“Afirmou também que a diplomacia brasileira defenderá o produtor brasileiro da pecha de ser agressor do meio ambiente. “O produtor agrícola brasileiro contribui para a preservação ambiental como em nenhum outro lugar do mundo.”

Além disso, as embaixadas e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) serão direcionadas para promover os produtos agrícolas brasileiros “ativa e sistematicamente.”

Itamaraty foi “casa do MST”

“Araújo afirmou que, nos governos do PT, o Itamaraty foi “a casa do MST”. Agora, disse ele, “estará à disposição do produtor”.

* * *

Um bom começo. Direcionar o Itamaraty à expansão de nossa produção agro-pecuária.

“O fato de ser uma potência agrícola não nos proíbe de ter ideais e de lutar por eles.”

De pleno acordo. Somos a maior nação católica da Terra: temos nossos ideais. Após 13 anos de petismo, mostremos ao mundo o que é ser verdadeiramente brasileiro.

Fonte: https://economia.uol.com.br/noticias/estadao-conteudo/2018/12/21/ernesto-araujo-anuncia-criacao-no-itamaraty-de-um-departamento-do-agronegocio.htm

Deixe uma resposta