Novo Secretário de Comércio elogia tarifas Trump sobre produtos chineses

0

Gina Raimondo, chefe de comércio de Biden, elogia as tarifas de Trump na China como “eficazes”



A Secretária de Comércio, Gina Raimondo, reconheceu na quinta-feira que as tarifas sobre a China impostas pelo ex-presidente Donald Trump foram “eficazes“, em comentários que sinalizam que o atual governo não vai reverter em breve as tarifas altamente contenciosas, informa TheEpochTimes.

“Os dados mostram que essas tarifas têm sido eficazes”, disse Raimondo, que foi confirmada para seu cargo no Gabinete na terça-feira, ao MSNBC. “O que o presidente Biden disse é que haverá uma revisão de todo o governo de todas essas políticas e decidirá o que faz sentido manter.”

Tarifas impostas por Trump aos produtos chineses

“Trump impôs tarifas sobre bilhões de produtos chineses em um esforço para enfrentar as práticas comerciais desleais do Partido Comunista Chinês, incluindo seus maciços subsídios governamentais às empresas chinesas.”

“Seu governo também impôs tarifas sobre US $ 360 bilhões em produtos chineses, incluindo aço e alumínio importados, em resposta à campanha do regime sancionada pelo Estado para roubar propriedade intelectual (IP) nos EUA.

“Também entrou em negociações comerciais com o regime na tentativa de forçar Pequim a reformular tais práticas, bem como a manipulação de moeda.”

Acordar e revogar a política suicida de Nixon

Nixon, Kissinger e sua equipe iniciaram a desastrosa política de détente nos anos 70. Viagens com grande cobertura midiática foram feitas à Rússia e à China. Através das páginas da “Folha” tantas vezes o Prof. Plinio alertou para essa política suicida de enriquecer os países comunistas fornecendo-lhes know how, transferências de fábricas inteiras americanas para o solo comunista, injeção de capital.

A China tornou-se hoje o maior inimigo do Ocidente. Sua arrogância não diminuiu sob a ditadura do PCCh liderada por Xi Jinping. Infiltração em importantes universidades americanas, suborno de cientistas, roubo de propriedade intelectual, diplomacia de guerreiro-lobo que se investe até contra o Brasil.

Irá Biden manter a política de diplomacia com firmeza face ao PCCh? Esperamos que a opinião pública americana faça ouvir sua voz e exija medidas severas contra o otimismo inagurado por Nixon. Há tantos anos, é certo; porém, as consequências desastrosas permanecem meio século depois.

Deixe uma resposta