Para fazer com que católicos não registrados se unam à Igreja Patriótica oficial (rebelde à Roma), autoridades em toda a China perseguem congregações e membros do clero. E aos fieis também.

O Acordo Provisório Vaticano-Pequim continua dando seus amargos frutos. Fiéis ao espírito católico “padres e congregações que se recusam a aderir à Associação Católica Patriótica Chinesa (CPCA) são severamente reprimidos e controlados”.

A brutalidade comunista chinesa

Informa BitterWinter: “Em abril, as autoridades locais assumiram uma casa de oração católica na vila de Changpojiao, no condado de Jianshui, na província de Yunnan, no sudoeste, e destruíram o Salão da Virgem Maria. Antes da demolição, a polícia derrubou todas as imagens e símbolos religiosos e ameaçou espancar quem tentasse detê-los. Dois meses depois, um centro para casamentos e funerais foi construído no lugar do salão.”

““Costumávamos orar e cantar hinos no salão, mas não podemos mais fazer isso depois que o governo o destruiu”, disse um católico na aldeia.”

“O governo redirecionou a casa de oração porque não aderimos à CPCA”, comentou outro católico. “Os padres e freiras costumavam vir aqui com frequência, mas eles não se atrevem mais a nos visitar desde que o governo começou a enviar pessoal para ficar de olho em nós e informar sobre os visitantes”.

A casa de oração foi construída em 2011 com as doações de 120.613 RMB (cerca de US $ 17.430). Além do Salão da Virgem Maria, possuía também um local para canto de hinos e uma sala de visitas.

The government took over the Dominic Primary School.e government took over the Dominic Primary School
Também essa escola primária foi tomada dos católicos

“O governo também assumiu a Escola Primária Dominic e o reservatório de água da vila, chamado Shengjiaquan (Fonte da Sagrada Família). Ambos foram construídos com o dinheiro doado pela Escola São Paulo e pela Escola da Sagrada Família de Macau.”


informações muito úteis para os ingênuos que acreditam ser a China uma Nação como as outras, que permite a prática da Religião.

O Comunismo é uma seita filosófica, ateia, hegeliana e materialista. A China tem seus planos de subjugar o Mundo Livre.

Perseguições e destruições em outras cidades


Continua a notícia: “Em julho, policiais visitaram as casas de vários católicos na cidade de Miandian, no condado de Jianshui, alegando que estavam registrando moradores de uma residência. Em vez disso, eles rasgaram imagens da Virgem Maria, Jesus e cruzes e ameaçaram prender aqueles que resistissem.

!Na Diocese de Mindong, na província de Fujian, no sudeste, os padres que se recusaram a aderir ao PCCA enfrentaram severas repressões. Em 24 de junho, uma casa de oração na aldeia de Dingtou, administrada pela cidade de Xiabaishi, em Fu’an, recebeu um aviso de demolição do governo da cidade, que alegou que o local era uma “construção ilegal” e exigiu que a congregação o demolisse em dois dias.”


Essa é a China de Xi Jinping amiga do PT e do governador João Doria. Acordos com o comunismo chinês é agenda de esquerda e do falso Centrão.

Desejamos intensamente que o Vaticano tome em considerações essas perseguições contínuas, aos católicos e ao Clero fiel à Roma, e não renove o Acordo que expira no próximo mês.

Fonte: https://bitterwinter.org/catholic-churches-destroyed-by-the-government/

Deixe uma resposta