Governadora (NY) esquerda “católica” convida e incita texanas ao aborto

0

Democratas, esquerda “católica” e movimentos pró aborto são cúmplices.

Recentemente, o governador do Texas deu um grande passo — um “retrocesso” diriam alguns magistrados brasileiros — na defesa da vida limitando os casos de aborto.

Quem vê cara, vê coração. A dureza de expressão, e a determinação de promover o aborto … em NY e até no Texas

Governadora “católica” de NY se vinga do Texas


A nova Governadora “católica” de Nova York se oferece para ajudar mulheres do Texas a fazerem abortos em seu estado.
A governadora de Nova York, Kathy Hochul, garantiu que ajudará as mulheres do Texas a virem ao seu estado para fazer abortos. Hochul, mais um exemplo de político “católico” e abortista, usou o maior símbolo de seu estado ao dizer às mulheres texanas que querem matar seus filhos em gestação: “A Estátua da Liberdade está aqui para recebê-los de braços abertos», comenta InfoCatolica.

(NCRegister / InfoCatólica) Uma lei do Texas entrou em vigor em 1º de setembro que proíbe a maioria dos abortos depois que o batimento cardíaco do feto é detectado, o que pode ocorrer logo nas seis semanas de gravidez.

Democrata, substituta de Andrew Cuomo no governo do estado de NY, Kathy Hochul disse na quarta-feira que seu estado está revisando opções para ajudar mulheres do Texas a irem a Nova York para abortar.

“As mulheres do Texas devem saber que vamos ajudá-las a encontrar uma maneira de chegar a Nova York e que agora estamos procurando intensamente os recursos que podemos colocar na mesa para ajudá-las a ter um transporte seguro aqui e informá-las de que há provedores que irão ajudá-las, disse Hochul em uma entrevista com o apresentador da MSNBC Lawrence O’Donnell em 15 de setembro.

“Você não está sozinha”, disse Hochul às mulheres do Texas que querem matar seus filhos ainda não nascidos. “Suas irmãs e irmãos, irmãos iluminados, no estado de Nova York, nós os ajudaremos de todas as maneiras que pudermos.”

Um porta-voz do escritório de Hochul se recusou a comentar na quinta-feira se os fundos públicos podem ser usados ​​para transportar mulheres do Texas a Nova York para abortos.

***

Esquerda “católica”, tantos Democratas, petistas e assemelhados são os protagonistas desse assassinato. Como acreditar que realmente são a favor da Vida quando decretam lockdowns, fecham igrejas, ou impõem o passaporte sanitário?

Alguns bispos norte americanos fazem pressão para cancelar a Sagrada Comunhão à Biden e demais “católicos” pró aborto. Não faltam, entretanto, no episcopado americano vozes que preferem entregar Nosso Senhor nas mãos desses imitadores de Herodes.

Saibamos, no Brasil, pressionar os congressistas a lutarem pela Vida contra o pecado do aborto.

“Desinformação” abrange até os promotores da Vida

Hochul também enviou uma carta ao Facebook em 13 de setembro, instando a rede social a tomar medidas contra a “desinformação sobre o aborto“.

Ele solicitou “informações sobre todos e cada um dos esforços existentes para combater a desinformação sobre as leis do aborto, procedimentos e sua capacidade”, e pediu ao Facebook que “tome medidas adicionais para impedir a disseminação dessa desinformação”.

E o Vaticano vai tomar medidas eficazes contra os “católicos” pró aborto? Ou será que a preocupação de Roma é apenas com os conservadores pró Missa tridentina?

Fonte: La gobernadora «católica» de Nueva York se ofrece a ayudar a las mujeres de Texas a abortar en su estado (infocatolica.com)

Deixe uma resposta