Lockdown: Doria ultrapassa ditadura tenentista do Clube 3 de Outubro

1

São Paulo sofreu os açoites dos verdugos da ditadura getulista, com seus tenentes-interventores, vexando a aristocracia paulista. Naqueles idos de 1930, Getúlio presenteou o Clube 3 de Outubro nomeando ditadores tenentistas para tantos Estados e também para as terras de Piratininga.

“São Paulo, na História do Brasil, levantou-se contra a Revolução getulista de 30 e contra a ditadura tenentista imposta por Vargas com seus interventores em São Paulo (30-32). São Paulo adotou o lema: “não sou conduzido, conduzo“.

Tenente João Alberto favorece o comunismo; Doria favorece Xi Jinping

Escrevia o Prof. Plinio em 1932: “O Coronel João Alberto, representante do Clube 3 de Outubro, governou entre nós graças ao prestígio que este lhe dispensou. No entanto, pôde o Coronel João Alberto favorecer abertamente a campanha comunista entre nós, pleitear acintosamente, através dos seus órgãos oficiais, o restabelecimento das relações comerciais com a Rússia soviética, e permitir que a própria Polícia fosse invadida por elementos comunistas, isto tudo sem um protesto sequer do Clube 3 de Outubro, do qual é agora candidato para a pasta do Trabalho.”

“Em discurso pronunciado pelo orador oficial do Clube 3 de Outubro, este declarou “não ter inimigos à esquerda”, mas tão somente à direita.” https://www.pliniocorreadeoliveira.info/OUT%20-%201932-04-03_OprogramadoClube3deoutubro.htm

***

“A alma paulista tem o direito de se alegrar pela vigorosa colaboração que todas as classes sociais prestam ao movimento de libertação de São Paulo.

“Trata-se de uma solidariedade impressionante que bem evidencia a repulsa de São Paulo aos métodos de governo socialistas do Cel. João Alberto, e positivistas do Cel. Rabello.

“São Paulo tem uma consciência cívica sorteada principalmente pelo sentimento da ordem, e da disciplina social. Todas as experiências governamentais, que venham de encontro a estes sentimentos, provocam uma reação veemente. Os fatos que agora se desenrolam bem o demonstram.”

***

Passemos agora ao governador João Doria.

“Por seu lado, o governador levou uma comitiva de empresários e políticos à China para que “São Paulo reúna condições para se tornar um ponto de vanguarda na Rota da Seda”.

“A China de Xi Jinping é tão confiável assim?

“Prossegue João Doria: “Vivemos num mundo compartilhado e em parceria com o povo chinês (ou PC chinês?) queremos ser empreendedores da nova era. Estreitar nossos laços, aumentar a confiança mútua e ampliar nosso mercado bilateral são prioridades de São Paulo em relação à China. São consequências inescapáveis de quem enxerga o presente com atitude transformadora. E o futuro como oportunidade.

“Falar em parceria com o povo chinês num pais controlado pelo PC, sem eleições livres, sem liberdades fundamentais, parece uma ironia. O Acordo do Governador será com o PC chinês.

    “Confio nas palavras de Xi Jinping”

    “Destaco, do Estado, 10 de agosto, “São Paulo e China, uma história promissora”, o novo cântico do governador em louvor de Xi Jinping e da China (comunista): “Confio nas palavras do presidente Xi Jinping, que disse que “a porta da China se abrirá cada vez mais”. https://ipco.org.br/o-novo-credo-do-governador-joao-doria-confio-em-xi-jinping/

Dória ameaça São Paulo com rastreamento típico do PCCh

Precisamente há um ano, quando o governador Dória ensaiava seus passos rumo à ditadura.

“Leitor, veja essa frase. A quarentena indiscriminada de Doria … os métodos nazistas e comunistas de massificação … pelo controle dos celulares.

“Conclua, por si mesmo, o que nos aguarda: rastreamento por celular e controle total dos nossos movimentos. Viraremos escravos-robôs dos Governadores pró China?

“Por meio da triangulação das antenas que recebem sinal de celular, temos condições de observar quem se deslocou por mais de cem ou duzentos metros de casa”.

“O estudo — feito pelo “Instituto Butantan e pela Universidade de Brasilia com base em dados de geolocalização de telefones celulares  — é um instrumento a mais para orientar (sic) as decisões governamentais tendo em vista a segurança da coletividade”. (*)

“Nem Hitler, nem Stalin, nem Mao tiveram esse poder. Mas, Xi Jinping tem e Doria têm está no mau caminho. A nova Gestapo, ou a nova KGB serão os algozes do Mundo Livre? Se não lutarmos, serão!” https://ipco.org.br/doria-os-metodos-nazistas-e-comunistas-huawei-celulares-arma-da-nova-gestapo-kgb/

***

Decorridos 12 meses a mesma sanha ditatorial do governador Doria retorna rotulada de faixa roxa. Liberdade, saúde física e mental, trabalho são imolados. Lockdown é slogan da esquerda para dominação mundial.

São Paulo tem saudades da ditadura tenentista. Nem o Cel Rabelo, nem o tenente João Alberto oprimiram tanto a terra dos Bandeirantes. São Paulo, tanto se fala, é a locomotiva do Brasil; por que, então, quebrar financeiramente São Paulo ou introduzir aqui os comunistas chineses?

***

Quererá o governador ser julgado pela História como o algoz da seiva paulista?

“A História tem seus juízos implacáveis. Flemming se assinalou pela descoberta da penicilina e Santos Dumont, na aviação. Mas Calabar ficou na História do Brasil como traidor, na Insurreição Pernambucana; pior ainda, Judas que entregou o Divino Mestre.

“São Paulo, na História do Brasil, levantou-se contra a Revolução getulista de 30 e contra a ditadura tenentista imposta por Vargas com seus interventores em São Paulo (30-32). São Paulo adotou o lema: “não sou conduzido, conduzo“.

“Manchando a História de São Paulo temos os interventores-tenentistas do Club 3 de Outubro: João Alberto e Cel. Rabelo. Ambos tentaram asfixiar a seiva paulista e foram derrotados.” https://ipco.org.br/doria-ultrapassara-os-interventores-tenentistas-de-30-sufocara-a-seiva-bandeirante/

Que São José de Anchieta o qual esgotou sua vida e suas forças em evangelizar essas terras se apiede do povo paulista e o livre da hipnose ditatorial que emana do palácio Bandeirantes.

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta