O “sonho” de uma ditadura mundial, comandada pela China comunista (PCCh) — ou pelo menos de uma hegemonia global, substituindo os EUA — vai se desfazendo. É o ocaso da “estrela de Pequim”.

Causas? Controle interno autoritório dos chineses via espionagem digital, desgaste em Hong Kong, fracasso em intimidar Taiwan, guerra comercial levada a cabo pelo governo Trump, e sobretudo desconfiança da opinião pública mundial — culpabilidade da China — na fracassada manobra do vírus de Wuhan.

Importantes Nações como Inglaterra, Austrália, Índia vão se libertando das garras da Huawei 5G. EUA também.

Recente entrevista do Embaixador Geral para a Liberdade Religiosa Internacional, Sam Brownback

O regime chinês está ‘liderando o mundo na perseguição’ de grupos religiosos; “as sucessivas campanhas de perseguição do Partido Comunista Chinês (PCC) aos praticantes do Falun Gong, budistas tibetanos, cristãos domésticos e, mais recentemente, aos muçulmanos uigures na região de Xinjiang, permitiram que ele refinasse seus métodos e tecnologias usadas para vigilância e opressão.”

Como católicos, ressaltamos a perseguição aos bispos, sacerdotes e fiéis à Roma que se recusam a filiar-se à Igreja Patriótica. E a destruição de igrejas e cruzes. Esperamos, ardentemente que o Vaticano não renove o chamado Acordo Provisório, pelo menos levando em conta a cruel perseguição religiosa.

Continua a notícia: “O regime comunista chinês foi capaz de “aperfeiçoar” sua máquina de repressão contra grupos religiosos”.

O aperfeiçoamento da vigilância sobre os chineses 24 horas ao dia

“Nós realmente vemos o futuro da opressão sendo menos pessoas em campos de concentração e mais pessoas controladas em uma sociedade com sistemas de vigilância 24 horas sobre as pessoas e limitando o que elas podem fazer nessa sociedade”, acrescentou.”

“O embaixador disse que as recentes sanções do governo Trump contra autoridades chinesas e um grupo paramilitar de construção envolvido em abusos dos direitos humanos em Xinjiang mostram que os Estados Unidos levam a sério o envio de uma mensagem a Pequim. O departamento de comércio dos EUA também colocou na lista negra mais de 30 empresas chinesas e entidades governamentais devido ao seu papel no auxílio à repressão aos uigures na região.”

A “esperança” do PCCh com tecnologia 5G: alerta Brasil!

Nosso site já publicou as reações na Austrália, Inglaterra contra os acordos Huawei 5g.

“Brownback expressou preocupação que o PCCh esteja procurando exportar seu modelo de supressão (da liberdade) de alta tecnologia.”

“Eles vão começar a comercializar e vender esses tipos de sistemas de controle autoritário para outros regimes autoritários em todo o mundo que … procuram controlar sua população por meio do uso dessas tecnologias avançadas”, disse ele.

O PCCh ateu é contra a fé desde sua fundação, disse o embaixador

“Não há espaço para acreditar em uma autoridade moral superior”, disse ele. “A autoridade moral superior é o Partido Comunista.”

Brownback disse que o regime pode parecer caluniar e perseguir grupos minoritários, mas suas táticas não páram por aí.

“Isso tem sido verdade ao longo da história. Se você não enfrentar o agressor, eles continuam vindo ”, disse ele.

Mais uma acusação grave: remoção de órgãos humanos (de vivos)

“Por exemplo, o mundo durante anos fez vistas grossas às alegações de que o PCCh estava removendo à força órgãos de praticantes do Falun Gong presos para o mercado de transplantes, disse Brownback. Mas “as evidências circunstanciais estavam lá”, disse ele, acrescentando que agora há instituições confiáveis ​​dizendo que a extração de órgãos sancionada pelo estado está ocorrendo.

“Em 2019, um tribunal popular independente, após uma investigação de um ano, concluiu que a extração forçada de órgãos havia ocorrido na China “em uma escala significativa” e continua a persistir. A principal fonte de órgãos era de praticantes do Falun Gong presos, ele descobriu.

““Pense nisso apenas mentalmente, que você está pegando e perseguindo esse indivíduo. Você vai matá-los e, em seguida, colher seus órgãos para vendê-los. Isso é horrível [o que] está acontecendo ”, disse Brownback.”


É tempo mais que suficiente para o Brasil acordar. Governadores de esquerda, como Doria, governadores-interventores petistas são os protagonistas do PCCh entre nós.

Somos uma Nação soberana, independente, rica em minerais. Nossa agricultura, nossa pecuária livraram o Brasil de uma bancarrota tão desejada pelas forças que dirigem a industrialização política da pandemia coronavírus.

Confiança, Brasil, esperança no Cristo Redentor e em Nossa Senhora Aparecida: este ainda será um grande País!

Fonte: https://www.theepochtimes.com/chinese-regime-is-leading-the-world-in-persecution-of-faith-groups-us-ambassador-sam-brownback_3487226.html

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta